A pandemia do novo coronavírus surpreendeu a todos com a velocidade com que se espalhou por todo o globo. No entanto, quem tem crianças em casa possui um desafio ainda maior, conscientizar sobre o Covid-19 e explicar para os pequenos o que é esse perigo invisível e o como é possível se proteger dele.

Como dizer que não será possível ir ao parque, à escola, ver os amigos ou mesmo brincar no condomínio? A realidade mudou repentinamente e é preciso tato e criatividade para mostrar para as crianças que a mudança não é difícil e pode ser divertida. Separamos algumas dicas para que a conscientização das crianças seja mais leve e eficaz.

1. Já foi amplamente divulgada a importância de manter as mãos higienizadas. Se você está com dificuldades em explicar isso para seu filho, faça uma brincadeira.

Pegue duas bacias e encha com água. Em uma coloque orégano e em outra coloque detergente líquido. Peça para a criança colocar a mão na bacia com orégano e observem como o tempero gruda na pele.

Lave as mãos na bacia com detergente e volte a colocar na bacia com orégano. Observem como o sabão repele as folhinhas. Assim é com o coronavírus, por isso, aproveite o momento para explicar a importância de lavar as mãos com água e sabão.

2. Se a criança gostar de histórias de super-heróis, customizar máscaras é uma atividade didática e que pode ensinar sobre a importância de usar máscara ao sair de casa. Assim como os heróis usam máscaras para não serem reconhecidos, não queremos que o vírus do coronavírus nos reconheça, por isso, é preciso usar máscara ao sair de casa.

3. O distanciamento social pode fazer com que as crianças fiquem tristes por não poder estar com os amigos. Mas é possível criar estratégias para que a distância não tenha um impacto tão grande. Use a tecnologia a seu favor, marque piqueniques na sala, na varanda ou no quintal, faça festas por vídeo conferência e torne esse momento mais leve.

4. Outra alternativa é “voltar ao passado” peça que seu filho/filha faça uma lista com alguns amigos ou familiares de quem sentem falta. Peça o endereço dessa pessoa e escrevam cartas juntos, falem sobre o que sentirem vontade e peçam para que, se possível, retornem a cartinha dos pequenos. Quando precisar sair para ir ao mercado, farmácia ou trabalhar, poste a cartinha no serviço de correspondência mais próximo.

5. Se seus filhos gostam de uma brincadeira com tinta, aproveite e peça para que ele lave as mãos com tinta guache. Quando as mãos estiverem sujas de tinta explique que, quando ele pega nas coisas na rua, no mercado ou mesmo na calçada de casa, ela pode estar “suja” com o coronavírus. Por isso, é importante lavar as mãos com frequência.

Essas são apenas algumas dicas para tornar o entendimento sobre o novo coronavírus mais fácil e leve para as crianças. O mais importante de tudo é conversar com seus filhos, mostrar para eles que esta é apenas mais uma fase e que tudo isso passa. Quando todos entendem o que está acontecendo, os cuidados serão maiores e o retorno para a normalidade será mais rápido.